EFELisboa

O atacante Cristiano Ronaldo e o agente de jogadores Jorge Mendes irão bancar 35 novos leitos de terapia intensiva, segundo informaram nesta terça-feira diferentes hospitais de Portugal, localizados em Lisboa e no Porto.

Os leitos estarão equipados com os equipamentos necessários para tratar os pacientes infectados pelo novo coronavírus que estiverem em estado grave, contando com respiradores, monitores.

Segundo o Centro Hospitalar Universitario de Lisboa Norte, serão instaladas duas alas - cada uma com dez leitos - uma no Hospital Santa Maria e outra no Hospital Pulido Valente.

O Centro Hospitalar Universitario do Porto, por sua vez, anunciou que Cristiano Ronaldo e Mendes financiarão 15 leitos de terapia intensiva para o Hospital Santo Antônio.

As novas alas de tratamento, inclusive, receberão o nome do jogador da Juventus e do agente.

Até o boletim mais recente, divulgado hoje, Portugal registrou 2.362 casos de infecção pelo novo coronavírus e 30 mortes. EFE

cgg/bg