EFESalvador (Bahia)

O técnico da Colômbia, Carlos Queiroz, afirmou nesta sexta-feira que a partida de estreia na Copa América, contra a Argentina, será importante, mas não de vida ou morte.

"Temos muito pela frente nesta competição. É apenas a primeira partida, que não é de vida ou morte nem uma final, mas deve ser jogada com muita competência", disse o treinador português em entrevista coletiva na Arena Fonte Nova, em Salvador, palco do duelo de sábado.

Queiroz não quis revelar o time que mandará a campo contra a Argentina e se limitou a dizer que "os 23 jogadores da seleção são titulares e todos merecem jogar".

Ao ser questionado sobre o que espera da partida e como será enfrentar o atacante Lionel Messi, respondeu que se trata "de uma grande equipe e de um grande jogador", mas frisou que a seleção colombiana "também é muito boa, portanto ganhará o futebol".

O português, de 66 anos, fará a sua estreia oficial no comando da Colômbia após assumir como técnico em fevereiro e dirigir a equipe em quatro amistosos de preparação.

"Para mim, é uma honra estar com a seleção da Colômbia, que me deu a possibilidade de vir para esta competição em um futebol tão técnico e de tanto talento como o da América do Sul. Fizemos um trabalho curto, mas intenso, e estamos prontos", acrescentou. EFE

gbf/vnm

(vídeo)