EFEMoscou

A Federação Croata de Futebol (HNS) convidou nesta quinta-feira todos os jogadores do elenco que conquistou o terceiro lugar na Copa de 1998 a assistirem à final do Mundial deste ano, entre a seleção do país e a França, no próximo domingo em Moscou.

Segundo a entidade, o intuito é aproveitar o momento histórico do futebol do país para homenagear a primeira geração a elevar o nome da Croácia no cenário internacional, da qual fez parte o atual presidente da federação, Davor Suker.

Com Miroslav Blazevic como técnico, aquela seleção croata obteve a terceira posição da Copa na França, ao perder para a dona da casa de virada nas semifinais e depois derrotar a Holanda no jogo que valeu a terceira colocação.

Vários dos integrantes do elenco de 20 anos atrás estiveram na semifinal desta quarta, em que a Croácia venceu a Inglaterra por 2 a 1 na prorrogação. Suker agora quer que esse número aumente.

"Nós pensávamos que a campanha de 1998 não voltaria a acontecer, mas aconteceu. Parabenizo, sinceramente, os jogadores e a comissão técnica. É incrível, a Croácia está na final da Copa", comemorou o artilheiro daquele Mundial e hoje dirigente. EFE

jap/dr