EFESão Paulo

O goleiro Ederson sofreu uma lesão muscular na panturrilha direita durante treino nesta quinta-feira e precisará de cinco a sete dias para se recuperar, mas mesmo assim não será corta da seleção brasileira para a disputa da Copa América.

O médico da CBF, Rodrigo Lasmar, informou em entrevista coletiva que o arqueiro do Manchester City não se exercitou hoje e não poderá ficar no banco na partida de abertura da Copa América, entre Brasil e Bolívia, nesta sexta, no Morumbi. De qualquer forma, Alisson já havia sido escolhido como titular pelo técnico Tite.

"Ederson sentiu uma dor na panturrilha, fizemos um exame e vimos a lesão. Está fora do jogo, mas não é desconvocado porque há tempo para que se recupere", esclareceu Lasmar.

O goleiro é o segundo jogador do elenco de Tite a se machucar e não ser cortado. No último domingo, em Porto Alegre, na goleada sobre Honduras por 7 a 0, o meia Arthur recebeu uma pancada no joelho direito e com isso não poderá começar jogando contra a Bolívia.

Na semana passada, o atacante Neymar torceu o tornozelo direito durante a vitória sobre o Catar por 2 a 0, em Brasília, e foi cortado. Willian foi chamado para substituir o camisa 10.