EFELisboa

O Porto afastou neste domingo os argentinos Agustín Marchesín e Renzo Saravia e os colombianos Mateus Uribe e Luis Díaz por terem comemorado até as 5 horas da madrugada o aniversário da esposa de um deles, o que foi descoberto após vídeos da festa serem postados por ela no Instagram.

Com isso, os quatro ficarão de fora do duelo de hoje contra o Boavista (às 18h de Brasília), pela 11ª rodada do Campeonato Português. Segundo as normas do clube, os jogadores podem ficar em festas até, no máximo, as 11 horas da noite.

O que acabou "dedurando" os quatro, involuntariamente, foi o fato de Cindy Álvarez García, esposa de Uribe, ter postado vários vídeos da festa nos quais eles apareceram.

O registro na rede social mostra que eles viraram a madrugada na comemoração, o que levou tanto o técnico Sérgio Conceição como a direção do clube a serem "implacáveis" na decisão, segundo fontes próximas do caso.

A punição afeta notoriamente o time titular, que habitualmente tem Marchesín como goleiro e Uribe e Díaz no meio de campo.