EFEAssunção

A seleção de Portugal conquistou neste domingo o terceiro título do Mundial de futebol de areia de sua história, o segundo desde que a Fifa passou a organizar a competição, ao bater a Itália por 6 a 4 na final disputada em Luque, no Paraguai.

A 'Azzurra' abriu o placar com Zurlo, superando o goleiro Elinton, que já defendeu o time de campo do Vasco e agora é ídolo na praia. Porém, a seleção lusitana virou para 5 a 1, com dois gols de Leo Martins, dois de Jordan e um de André.

Ramacciotti e Josep Junior marcaram uma vez cada e iniciaram uma reação da Itália, que, no entanto, foi freada por Jordan, que fez seu terceiro na decisão. Ramacciotti ainda voltou a balançar a rede, mas já era tarde para evitar a derrota.

Portugal já havia sido campeão em 2001, ainda sem a chancela da Fifa, e em 2015, e hoje se isolou como segunda maior vencedora do Mundial, atrás apenas do Brasil, que obteve 14 taças, cinco delas na "nova era".

Curiosamente, os portugueses perderam para os brasileiros durante a fase de grupos, mas a equipe verde e amarela, que defendia o título, caiu contra a Rússia nas quartas de final. Também neste domingo, os russos, bicampeões, derrotaram o Japão por 5 a 4 e ficaram com a terceira posição.

Desde 2009, o Mundial é disputado de dois em dois anos. A próxima edição acontecerá em 2021, em Moscou.