EFESão Lourenço da Mata (PE)

O técnico da seleção brasileira sub-23, André Jardine, afirmou nesta segunda-feira que não descarta utilizar jogadores como Vinicius Júnior, do Real Madrid, e Renan Lodi, do Atlético de Madrid, no Torneio Pré-Olímpico que será disputado no próximo ano, na Colômbia, visando os Jogos de Tóquio.

"Vamos avaliar neste período (que falta), quanto da possibilidade que temos em conseguir essas liberações. Mas o trabalho que estamos fazendo é com os jogadores que eu mais tenho possibilidade de contar", disse o treinador à Agência Efe após a derrota de virada do Brasil para o Japão por 3 a 2, em amistoso disputado na Arena Pernambuco.

Ex-jogador do Athletico-PR, Lodi esteve nos planos de Jardine desde que o treinador assumiu o comando da equipe para o Torneio de Toulon, em junho, quando o Brasil foi campeão em final justamente contra os japoneses. No entanto, o jovem lateral-esquerdo foi convocado por Tite para defender a seleção principal nos recentes amistosos contra Senegal e Nigéria em Singapura.

Já o ex-atacante do Flamengo não foi liberado pelo Real Madrid para a seleção pré-olímpica, e sua presença na competição em janeiro, quando o Brasil buscará a classificação para os Jogos de Tóquio, é incerta.

Em preparação para o Pré-Olímpico, o Brasil busca por adversários para o período das datas Fifa de novembro, no qual a seleção principal disputará amistosos contra Argentina e Coreia do Sul.