EFERoma

O atacante português Cristiano Ronaldo voltou a treinar com os companheiros da Juventus nesta segunda-feira, após ficar afastado por cinco dias devido problemas musculares, em dia que o técnico italiano Maurizio Sarri foi desfalque, por sofrer de pneumonia.

O craque apresentou desconforto muscular na coxa esquerda, o que fez com que o clube de Turim anunciasse na última quinta-feira, que seria necessário realizar trabalho em separado. Com isso, CR7 perdeu amistosos contra a equipe B dos 'Bianconeros' e Triestina, da terceira divisão italiana.

Hoje, o atacante português trabalhou normalmente junto com os companheiros, seis dias antes da estreia da Juventus no Campeonato Italiano, em jogo com o Parma, fora de casa, no estádio Ennio Tardini. A presença do astro na partida, no entanto, segue incerta.

Sarri, por sua vez, não apareceu no gramado do centro de treinamento da equipe de Turim. Segundo a diretoria, o comandante até se dirigiu ao CT apenas para orientar os integrantes da comissão técnica.

"Infelizmente, não pôde dirigir o treino no campo. À tarde, foi submetido a exames que confirmaram uma pneumonia", aponta comunicado divulgado pela Juventus. EFE

am/bg