EFEBerlim

O atacante polonês Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, denunciou à justiça o agente Cezary Kucharski, que administrava a carreira do jogador, por chantagem, segundo veiculou nesta sexta-feira a revista alemã "Der Spiegel".

Segundo a publicação, um advogado de Lewa explicou que o empresário pediu um valor em dinheiro que para não fossem divulgados "conteúdos" que poderiam manchar a reputação do artilheiro.

De acordo com o "Der Spiegel", a denúncia foi apresentada junto à justiça da Polícia, e o Ministério Público do país confirmou a informação para a revista alemã.

A publicação informa que a denúncia foi precedida por outra apresentada por Kucharski, em que o agente acusa Lewandowski e a mulher dele, Anna, entre outras coisas, por ter desviado vários milhões de euros de uma empresa em que era sócio do jogador.

O ex-empresário do atacante exigiu uma indenização de 39 milhões de zlotys (R$ 56,2 milhões). O jogador polonês nega as acusações e se recusou a firmar um acordo extrajudicial, segundo documentos que a "Der Spiegel" revelou que publicará na próxima semana. EFE

jam/bg