EFERedação Central

México e Chile se reencontrarão nesta terça-feira, na cidade de Querétaro, dois anos após a seleção sul-americana aplicar goleada por 7 a 0, pelas quartas de final da Copa América, em dia de duelo entre Colômbia e Costa Rica, nos Estados Unidos, e visita do Uruguai ao Japão.

A 'Tri', ainda sob o comando interino do brasileiro Ricardo Ferretti, jogará em seus domínios, de olho em dar o troco pelo resultado sofrido em 2016, na cidade americana de Santa Clara. Os atacantes Eduardo Vargas, três vezes; Edson Puch, duas, e Alexis Sánchez, uma, anotaram os gols do jogo.

Na última quinta-feira, os mexicanos venceram a Costa Rica por 3 a 2, encerrando jejum iniciado ainda na segunda rodada da Copa do Mundo. Depois, na sequência, vieram derrotas para Suécia e Brasil, ainda pelo torneio, e para Uruguai e EUA, em amistosos.

Os chilenos, por outro lado, também buscam encontrar o melhor futebol. Fora do torneio na Rússia, os atuais campeões continentais, sob o comando do colombiano Reinaldo Rueda, ex-Flamengo, empatou sem gols com a Coreia do Sul, em setembro, e perdeu para o Peru por 3 a 0, em Miami, na sexta-feira passada.

Para o jogo em Querétaro, as duas seleções terão jogadores que não entraram em campo no primeiro compromisso deste mês. O México terá o atacante Hirving Lozano, enquanto a 'Roja' estará reforçado do também atacante Alexis Sánchez.

Nos Estados Unidos, a Colômbia será mais uma a entrar em campo com técnico interino Arturo Reyes, em meio a notícias de que Dunga teria recebido proposta de trabalho. Os 'Cafeteros' enfrentarão a Costa Rica, que busca encerrar jejum de oito partidas sem vitória, na Red Bull Arena, em New Jersey.

Este será o quarto amistoso dos colombianos após a Copa do Mundo, depois das vitórias sobre Venezuela e Estados Unidos - esta última na quinta-feira, com grande atuação do meia James Rodríguez -, além do empate sem gols com a Argentina.

Os costa-riquenhos, por sua vez, venceram pela última vez no dia 3 de junho deste ano, quando passaram pela Irlanda do Norte por 3 a 0, no antepenúltimo compromisso antes da Copa do Mundo. Depois disso, foram sete derrotas - uma delas para o Brasil -, e um empate.

Em Saitama, o Uruguai enfrentará o Japão, de olho em se recuperar de derrota sofrida para os sul-coreanos na última sexta-feira. O técnico Óscar Tabárez anunciou, em entrevista coletiva, que aproveitará a oportunidade para testar jovens jogadores, visando o próximo Mundial, que acontecerá no Catar, em 2022.

Ainda nesta terça-feira, as seleções de Estados Unidos e Peru duelarão na cidade de East Hartford. Em Teerã, a Bolívia visitará o Irã. Já em Doha, o Equador encarará Omã.