EFEMadri

O lateral-esquerdo Marcelo, do Real Madrid, reconheceu nesta segunda-feira, em um tribunal do município de Alcobendas, na província de Madri, que conduziu veículo em excesso de velocidade e sem estar habilitado, no último dia 20 de dezembro.

De acordo com o Superior Tribunal de Justiça de Madri, será marcada uma nova audiência no próximo mês, para definir se acontecerá um julgamento rápido ou se prosseguirá o procedimento ordinário.

Segundo fontes da polícia informaram à Agência Efe, em 20 de dezembro, Marcelo dirigia veículo pela rodovia M-12, em alta velocidade. Quando foi abordado por agentes, eles verificaram que o jogador não tinha pontos na carteira de motorista para guiar.

Essa não é a primeira vez que o ex-Fluminense se envolve em questão judicial deste tipo. Em 2013, o jogador foi multado em 6 mil euros (R$ 28,6 mil, em valores atuais), também por conduzir carro sem habilitação.