EFEPorto Alegre

O pequeno Benjamín, neto do técnico Ricardo Gareca, foi nesta sexta-feira o protagonista do último treino da seleção peruana antes da estria na Copa América, contra a Venezuela, neste sábado, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Como já tinha acontecido na Copa do Mundo do ano passado, o menino participou de um momento de descontração da 'Blanquirroja' ao trocar passes com o avô no gramado do centro de treinamentos do Internacional.

Gareca é muito apegado aos netos e os usa de exemplos em entrevistas coletivas para suas reflexões, como fez recentemente ao falar da falta de autoestima do futebol sul-americano em comparação com o europeu.

O técnico de 61 anos relatou que enquanto jogava futebol com o neto, este pronunciava uma sequência de artilheiros e goleiros, todos do futebol do Velho Continente. Na ocasião, o menino usava uma camisa de treino do Peru, mas calção do Manchester United.

A seleção dirigida por Gareca abriu mão de fazer o reconhecimento do gramado da Arena do Grêmio nesta sexta-feira. O treinador argentino preferiu antecipar o treino para a manhã, e os jogadores tiveram uma sessão mais leve que o habitual, com um trabalho tático no gramado e exercícios na academia.

Embora os jornalistas tenham tido acesso apenas aos 15 primeiros minutos do treino, é possível esboçar a provável escalação do Peru com Gallese; Advíncula, Araujo, Zambrano e Trauco; Flores, Tapia, Yotún e Cueva; Farfán e Guerrero.