EFEParis

O Paris Saint-Germain anunciou nesta segunda-feira que Neymar será desfalque entre seis e oito semanas, após ter lesionado ligamentos do tornozelo esquerdo durante a vitória 3 a 1 sobre o Saint-Étienne, no domingo passado.

O brasileiro precisou ser substituído nos minutos finais da partida devido a uma entrada forte do zagueiro Yvann Maçon. De acordo com o PSG, nas próximas 72 horas será emitido um novo comunicado sobre os detalhes da lesão.

"Bora recuperar, infelizmente esses contratempos fazem parte da vida de uma atleta. Agora é o que tem, levantar a cabeça e vamo que vamo. Voltarei melhor e mais forte", escreveu o jogador no Instagram.

Desde que chegou ao PSG, em agosto de 2017, Neymar sofreu diversas lesões relevantes, com destaque para a fratura do quinto metatarso de um pé em partida contra o Oympique de Marselha em fevereiro de 2018, motivo pelo qual ficou três meses longe dos gramados.

Em janeiro de 2019, o jogador sofreu a mesma lesão ao enfrentar o Strasbourg, ficando três meses em recuperação, e em junho do mesmo ano rompeu ligamentos do tornozelo direito em um amistoso entre Brasil e Catar, lesão que o tirou da Copa América.

Na temporada passada, Neymar ficou cinco semanas fora, entre fevereiro e março, devido a uma lesão nos adutores sofrida durante partida contra o Caen, da segunda divisão, pela Copa da França. EFE