EFETeresópolis (RJ)

Suspenso da última rodada do Campeonato Francês por ter agredido um torcedor, Neymar foi liberado pelo Paris Saint-Germain e antecipou em três dias a chegada à seleção brasileira, à qual se apresentará neste sábado para iniciar a preparação para a Copa América.

Inicialmente, o jogador do PSG se apresentaria na próxima terça-feira, quando o técnico Tite passará a contar com os convocados que atuam em clubes da França e da Itália, onde os campeonatos nacionais ainda não terminaram.

De acordo com as previsões da CBF, o atacante é esperado às 11h30 (horário de Brasília) de sábado na Granja Comary, o centro de treinamentos da seleção em Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro.

"O mais provável é que ele chegue de helicóptero procedente do Rio de Janeiro", afirmou um porta-voz da CBF à Agência Efe.

Neymar foi punido com três partidas de suspensão por ter agredido um torcedor do Rennes após a derrota do PSG na final da Copa da França. O primeiro jogo foi cumprido no último sábado, quando o clube parisiense goleou o Dijon por 4 a 0.

A segunda partida de suspensão será contra o Reims, no domingo, e a última contra o Rennes, pela Supercopa da França, no início da próxima temporada.

Quando Neymar chegar, Tite terá nove dos 23 convocados à disposição. Por enquanto, apenas Ederson, Filipe Luís, Casemiro, Fernandinho, Allan, David Neres, Richarlison e Gabriel Jesus já se apresentaram à seleção. EFE

cm/vnm