EFEIndianápolis (EUA)

A 104ª edição das 500 milhas de Indianápolis, inicialmente prevista para o dia 24 de maio, foi adiada para 23 de agosto devido à pandemia do novo coronavírus, segundo informações dos organizadores da Fórmula Indy e dos responsáveis pelo Indianapolis Motor Speedway, circuito onde a tradicional prova é realizada.

"Maio na Indianapolis Motor Speedway é a minha época do ano favorita e, tal como os nossos fãs, estou desapontado por termos de remarcar as 500 Milhas de Indianápolis. No entanto, a saúde e segurança dos nossos participantes e espectadores no evento é a nossa maior prioridade, e acreditamos que adiar é a decisão mais responsável, dadas as condições e restrições que enfrentamos", disse o proprietário do circuito, Roger Penske, em um comunicado à imprensa.

Os carros irão à pista pela primeira vez nos dias 12 e 13 de agosto para os primeiros treinos. Depois disso, haverá a tradicional 'Fast Friday' no dia 14, enquanto nos dias 15 e 16 será realizado o treino classificatório.

O treino final para a Indy500 será feito na sexta-feira, 21 de agosto, como parte do dia Miller Lite Carb, seguido pela reunião pública de pilotos e sessão de autógrafos no sábado, 22 de agosto, como parte do Dia das Lendas. O evento, agora programado para 23 de agosto, não será realizado no fim de semana do Memorial Day pela primeira vez desde 1946.