EFEGenebra

O Comitê Disciplinar da Fifa anunciou nesta segunda-feira que o presidente do Olimpia-PAR, Marco Trovato, foi banido do futebol por manipulação de partidas e falta de cooperação durante o procedimento disciplinar.

A sanção, que também inclui multa de 100 mil francos suíços (cerca de R$ 600 mil), foi decidida em reunião realizada pela referida comissão no último dia 24, após apuração de possíveis manipulações em jogos do clube paraguaio em 2018 e 2019.

A Fifa afirmou em nota que o presidente do clube tem um prazo de dez dias para solicitar o fundamentos completos da sentença e poderá apelar ao Comitê de Apelação da entidade.

Em novembro do ano passado, a imprensa paraguaia ligou a Trovato à Apostala, principal empresa de apostas esportivas com atuação no país sul-americano, gerando um tenso confronto entre o dirigente e a Associação Paraguaia de Futebol.

O Olimpia venceu os torneios Apertura e Clausura em 2018 e 2019, mas este ano, o Cerro Porteño levou a melhor e conquistou a primeira destas competições, após meses de hiato devido à pandemia da Covid-19.