EFEMadri

O alemão Toni Kroos e o Real Madrid chegaram a um acordo para a renovação de contrato até o dia 30 de junho de 2023, segundo informações divulgadas pelo clube atual tricampeão europeu nesta segunda-feira.

Kroos, que chegou ao Real em 2014, logo após ter sido campeão mundial pela seleção alemã no Brasil, assinou contrato até 2020. Em 2016, estendeu o vínculo até 2022, e agora aumentou o tempo de permanência em uma temporada.

"Hoje é um dia muito feliz para mim, estou muito contente. Tive muito sucesso no Real Madrid, já ganhei 12 títulos, mas tenho certeza de que vamos conseguir muitos nos quatro anos que estão por vir. É um dia muito especial, tenho uma relação muito especial com o clube", declarou o meia de 29 anos.

Trata-se do primeiro "movimento" de montagem do elenco do Real após uma temporada ruim, fechada com a conquista de apenas um título, a do Mundial de Clubes. O time madrilenho ficou apenas em terceiro lugar no Campeonato Espanhol, caiu nas semifinais da Copa do Rei, em confronto com o rival Barcelona, e nas oitavas da Liga dos Campeões, com direito a goleada sofrida para o Ajax por 4 a 1 no Santiago Bernabéu, além da derrota para o Atlético de Madrid na Supercopa Europeia.

Em meio a especulações de entradas e saídas, o elenco dirigido por Zinedine Zidane garantiu a permanência de um dos jogadores que foram indiscutíveis nos últimos anos, embora não tenha cumprido as expectativas nesta campanha.

Kroos tem 12 títulos com a camisa 'blanca' em meia década no Real, incluindo quatro Ligas dos Campeões e quatro Mundiais de Clubes. É titular de um meio-campo pouco contestado com Casemiro e Luka Modric, melhor do mundo em 2018.