EFERedação Central

A Red Bull, vice-campeã mundial de Fórmula 1 entre construtores, anunciou nesta sexta-feira a contratação do piloto mexicano Sergio Pérez, que deixou recentemente a Racing Point e que será companheiro do holandês Max Verstappen.

O piloto, de 30 anos, na temporada passada alcançou a melhor posição em uma temporada da categoria, ao terminar na quarta colocação, com 125 pontos, ficando atrás do britânico Lewis Hamilton, do finlandês Valtteri Bottas, ambos da Mercedes, e do futuro parceiro de equipe.

No último dia 30, Pérez revelou que estava de saída da Racing Point, que em 2021 passará a se chamar Aston Martin e terá o alemão Sebastian Vettel e o canadense Lance Stroll ocupando os cockpits.

Especulado na Red Bull, o mexicano admitiu que se não conseguisse pilotar para a equipe anglo-austríaca, iria tirar um ano sabático, em que aguardaria novas propostas.

Esta será a 11ª temporada de Pérez na Fórmula 1. Anteriormente, ele correu por Sauber, McLaren, Force India e Racing Point. O melhor resultado dele foi a vitória alcançada neste ano no Grande Prêmio do Sakhir, no Bahrein.

Em 191 largadas, o mexicano conseguiu dez pódios e em quatro provas, foi o dono da volta mais rápida.

Com a contratação de Pérez, o tailandês Alexander Albon passou de titular para piloto reserva para a Red Bull, após o sétimo lugar no campeonato de 2020, com 105 pontos conquistados, 109 a menos do que Verstappen. EFE

arh/bg