EFELondres

O Everton, no primeiro jogo depois da demissão do técnico português Marco Silva, superou neste sábado o Chelsea por 3 a 1, em casa, e encerrou assim uma sequência de três derrotas consecutivas no Campeonato Inglês.

Escalado como titular pelo técnico interino, o escocês Duncan Ferguson, o atacante brasileiro Richarlison foi o responsável por abrir o caminho para a vitória dos 'Toffees', logo aos 5 do primeiro tempo. Na etapa complementar, também aos 5, o atacante inglês Dominic Calvert-Lewin ampliou.

O time londrino até tentou reagir e descontou aos 7, graças a gol do volante croata Mateo Kovacic.

O Everton seguiu lutando muito e se aproveitou de erro generalizado da defesa para dar números finais aos 39 do segundo tempo, graças a mais um gol anotado pelo jovem Calvert-Lewin.

Além de Richarlison, a equipe de Liverpool contou também com o meia-atacante Bernard, que entrou na etapa complementar, já nos instantes finais. O Chelsea, por sua vez, teve Willian no 11 inicial, além dos naturalizados italianos Jorginho e Emerson no banco por 90 minutos.

Com a vitória de hoje, o Everton chegou a 17 pontos e saiu provisoriamente da zona de rebaixamento. Os 'Blues', do técnico inglês Frank Lampard, por sua vez, ficaram com os mesmos 29 com que começaram a 16ª rodada, e seguem no quarto posto.