EFERedação Central

O atacante Rodrygo, do Real Madrid, lamentou as falhas cometidas pelo zagueiro Raphaël Varane nesta sexta-feira, que resultaram nos gols decisivos do Manchester City na vitória de 2 a 1 sobre o clube espanhol, mas opinou que o francês não pode ser culpado pela eliminação na Liga dos Campeões.

"É uma coisa normal, pode acontecer com todos. É uma pena que tenha acontecido com 'Rapha', mas ele é um grande jogador que nos deu muitas alegrias. Ninguém pode ser culpado pelo que aconteceu aqui", comentou o brasileiro em entrevista ao canal "Movistar+".

Após ter perdido por 2 a 1 na partida de ida das oitavas de final, no Santiago Bernabéu, o Real Madrid precisou decidir a vaga como visitante em um Etihad Stadium de portões fechados devido à pandemia de Covid-19.

Aos nove minutos do primeiro tempo, Varane vacilou na área e perdeu a bola para Gabriel Jesus, que tocou para Raheem Sterling abrir o placar. O Real empatou aos 28, após Rodrygo fazer jogadaça e cruzar na medida para Karim Benzema cabecear.

Na segunda etapa, Varane recuou mal para Thibaut Courtois, Jesus chegou antes e finalizou com categoria, na saída do goleiro, para marcar aos 23 minutos. Com duas vitórias nos dois jogos, o City avançou para as quartas de final e eliminou o Real.

"Estou triste pela eliminação, mas lutamos até o final. É uma pena não termos passado. Foi difícil porque o City é um grande time, é difícil jogar aqui contra eles. Tentamos até o fim", analisou.

Rodrygo reconheceu que a equipe espanhola poderia ter jogado melhor para conseguir a virada necessária para a classificação.

"Durante toda a partida poderíamos ter dado mais, mas não paramos de lutar até o final, são coisas que acontecem no futebol. Eles fizeram uma grande partida e mereceram a classificação", opinou.

Ao avaliar a temporada do Real Madrid, campeão espanhol e da Supercopa da Espanha, Rodrygo deu a nota nove: "Não foi dez por causa da Champions, mas fizemos uma grande temporada", disse o brasileiro.