EFERedação Central

Com uma atuação de gala do atacante Rodrygo, que marcou três gols e participou da jogada de outro, o Real Madrid goleou o Galatasaray por 6 a 0 no estádio Santiago Bernabéu nesta quarta-feira, quebrou um incômodo jejum e ganhou tranquilidade na Liga dos Campeões.

Entre os jogos iniciados às 17h (de Brasília), houve ainda a classificação do Paris Saint-Germain para as oitavas de final, juntando-se a Juventus e Bayern de Munique, que haviam se classificado mais cedo com vitórias sobre Lokomotiv Moscou e Olympiacos, respectivamente. Já o Manchester City desperdiçou a chance de avançar com duas rodadas de antecipação ao empatar com a Atalanta em 1 a 1 em Milão, em jogo no qual o atacante Gabriel Jesus perdeu um pênalti.

Titular ao lado do lateral-esquerdo Marcelo e do volante Casemiro em Madri, Rodrygo precisou de apenas quatro minutos para fazer 1 a 0 e se tornar o brasileiro mais novo em toda a história a fazer um gol em torneios europeus, aos 18 anos e 301 dias. Ele também tem o recorde equivalente na Taça Libertadores.

O ex-jogador do Santos aproveitou lançamento de Marcelo, dominou no peito, levou da direita para o pé esquerdo e chutou rasteiro no cantinho direito para abrir o placar. Pouco depois, aos sete, após nova assistência de Marcelo, teve apenas o trabalho de completar para a rede de cabeça e aumentar.

Aos 14 minutos, Lemina cometeu pênalti em Kroos, e a torcida pediu para que Rodrygo cobrasse. Contudo, quem pegou a bola foi Sergio Ramos, que fez o terceiro com uma cavadinha de muita categoria. Instantes antes do intervalo, aos 45, Rodrygo se mostrou atento a um erro de Nagatomo e serviu Benzema, que assinalou o quarto.

No segundo tempo, o tridecacampeão continental tirou o pé, mas ainda assim fez mais dois. Aos 36 minutos, Benzema deixou mais um, após levantamento de Carvajal. Nos instantes finais, aos 47, Rodrygo tabelou com centroavante francês e fechou a conta.

Entretanto, nem todos os brasileiros tiveram motivos para comemorar. Marcelo foi substituído por lesão, e o atacante Vinícius Júnior sequer ficou no banco de reservas. Pelo Galatasaray, o lateral-direito Mariano e o zagueiro Marcão foram titulares.

Com a goleada, o Real se aproximou da classificação ao se manter em segundo lugar no grupo, com sete pontos, atrás apenas do Paris Saint-Germain, que tem 12. O Club Brugge é terceiro colocado, com dois, enquanto o Galatasaray tem apenas um e está eliminado.

PSG MANTÉM 100% E AVANÇA.

O PSG confirmou vaga nas oitavas de final com uma vitória aperta sobre o Brugge por 1 a 0 no Parc des Princes. Icardi foi quem marcou o gol que garantiu o triunfo e a manutenção dos 100% de aproveitamento.

A equipe belga ainda teve grande chance para buscar o empate, em pênalti cometido pelo zagueiro Thiago Silva, mas o goleiro Navas defendeu o chute de Diagne.

Quem também poderia ter confirmado a classificação é o Manchester City, que, contudo, ficou apenas no empate com a Atalanta em 1 a 1 em Milão e precisa de ao menos uma nova igualdade nas duas rodadas finais para passar de fase.

O jogo no estádio San Siro foi bastante agitado e teve brasileiros em evidência. Sterling fez 1 a 0 para os 'Citizens' logo aos sete minutos de partida, depois de passe de letra de Gabriel Jesus, e passou a impressão de que os visitantes venceriam facilmente, como duas semanas atrás, quando goleou 'La Dea' por 5 a 1.

O próprio Jesus poderia ter aumentado aos 42 minutos, mas bateu pênalti para fora. Para piorar, no intervalo, o goleiro Ederson foi substituído por Bravo por lesão.

A equipe mandante, que teve o zagueiro Rafael Tolói na formação inicial, empatou aos quatro da segunda etapa, com Pasalic e teve mais de dez minutos com um a mais para buscar a virada, mas falhou. Bravo foi expulso, e o técnico Josep Guardiola teve que colocar o lateral-direito Walker debaixo das traves.

O tropeço deixou o City com dez pontos, cinco a mais que Dínamo de Zagreb e Shakhtar Donetsk, que se enfrentaram na Croácia e empataram em 3 a 3. A Atalanta soma um ponto e tem chances remotas de classificação.

Em Zagreb, houve três gols de brasileiros para o Shakhtar. O primeiro foi de Alan Patrick; o segundo, de Junior Moraes; e o terceiro, de Tetê. Este último teve origem em um pênalti de Théophile-Catherine em cima do goleiro Pyatov, que foi para a área nos acréscimos.

SON SE DESCULPA EM COMEMORAÇÃO.

No grupo D, liderado pelo Bayern, com 12 pontos, o Tottenham se consolidou em segundo lugar, com sete pontos, ao golear o Estrela Vermelha por 4 a 0 em Belgrado, deixando o adversário com três. O Olympiacos segura a lanterna, com um.

O atacante Son, que no último domingo quebrou a perna do meia André Gomes em uma dividida durante a partida do time londrino pelo contra o Everton, pelo Campeonato Inglês, marcou duas vezes para os 'Spurs' na Sérvia. No primeiro deles, virou-se para uma câmera de televisão e fez um sinal de desculpas.

Quem, como o Manchester City, perdeu chance de se classificar hoje foi o Atlético de Madrid, que precisava bater o Bayer Leverkusen na BayArena, mas foi derrotado por 2 a 1. Thomas, contra, e Volland marcaram para o time alemão, e Morata descontou para os 'Colchoneros' nos instantes finais.

O Atlético, que teve o zagueiro Felipe e o lateral-esquerdo Renan Lodi entre os titulares, ainda é segundo colocado do grupo D, com sete pontos, atrás da Juventus, que mais cedo fez 2 a 1 sobre o Lokomotiv Moscou na Rússia e foi a dez. O representante russo e o Leverkusen - que contou com o lateral-esquerdo Wendell como titular e o atacante Paulinho no banco - têm três, cada.