EFEParis

Ronaldinho Gaúcho, ídolo do Paris Saint-Germain, saiu em defesa de Neymar nesta quinta-feira, pedindo paciência com o compatriota, apesar de ter sido frustrado o objetivo de conquistar a Liga dos Campeões.

"O futebol é assim. Não basta juntar bons jogadores para que as coisas funcionem rápido. É atualmente um dos melhores times do mundo, e tem os melhores jogadores. É preciso tempo", indicou "O Bruxo", em entrevista à emissora francesa "RMC".

O PSG caiu nas oitavas de final da 'Champions' no último dia 9, depois de sofrer reviravolta em série eliminatória contra o Real Madrid.

A queda e outros resultados na temporada geram muitas críticas e protestos de torcedores organizados. No jogo com o Bordeaux, pelo Campeonato Francês, em que a equipe de Paris perdeu por 3 a 0, Neymar e o argentino Lionel Messi chegaram a ser vaiados.

"Fico feliz por tudo o que ele faz. É um dos melhores jogadores do mundo. Todo ano, conquista algo em Paris. No Brasil, é nosso principal jogador, nosso líder. Todo mundo está feliz com o que ele faz lá e no PSG", disse.

Ronaldinho disse não prestar atenção na reação dos torcedores do PSG.

"Não sou torcedor, não me ligo nessas coisas. Nem mesmo quando jogada, me ligava nelas. Cada um tem sua opinião e sua forma de pensar", concluiu o ex-10 do PSG. EFE