EFEQuito (Equador)

O São Paulo ficou mais distante de uma classificação para as oitavas de final da Taça Libertadores nesta terça-feira ao perder para a LDU de Quito por 4 a 2 no estádio Casablanca, na altitude de mais de 2,8 mil metros da capital equatoriana.

A LDU manteve a liderança do grupo D, com nove pontos, dois a mais que o segundo colocado, o River Plate, que foi a Lima e goleou o Binacional por 6 a 0. O Tricolor continua em terceiro lugar, com quatro pontos, um a mais que o atual campeão peruano.

Para piorar a situação do time dirigido por Fernando Diniz, o saldo de gols do River é bastante superior, com +11, enquanto o tricampeão continental está zerado. Na quarta-feira da semana que vem, os dois times farão confronto direto no Monumental de Núñez, em Buenos Aires.

A campeã da América em 2008 abriu o placar aos 20 minutos do primeiro tempo, quando Cruz levantou e Borja, ex-Flamengo, cabeceou para a rede. Aos 35, a defesa são-paulina vacilou na saída de jogo e Jhojan Julio ampliou, e ainda antes do intervalo, aos 45, Piovi tabelou com Zunino e tocou para o próprio Jhojan Julio marcar outro.

O Tricolor esboçou uma reação na segunda etapa. Acertou a trave logo aos quatro minutos, em tentativa de Gabriel Sara, e diminuiu aos 14, quando Paulinho Boia cruzou e Brenner escorou para a rede.

Entretanto, a equipe da casa jogou um balde de água fria nas pretensões do adversário com um golaço, aos 30 minutos. Jhojan Julio acionou Billy Arce, que acertou o ângulo. Tréllez ainda descontou aos 36, mas não evitou a derrota. EFE

dr/rd