EFERoma

O técnico do Atlético de Madrid, Diego Simeone, afirmou nesta segunda-feira que se sente à vontade no clube espanhol, mas que "certamente" treinará uma grande equipe italiana no futuro.

"Vivo dia a dia. Ainda tenho um ano de contrato com o Atlético e estamos trabalhando muito bem, estou tranquilo", disse Simeone em entrevista à emissora "Rai Radio 1" na qual foi perguntado sobre a possibilidade de treinar a Inter de Milão ou alguma equipe italiana.

"Acho que fui claro duas mil vezes, não preciso acrescentar mais nada", ressaltou o técnico, que defendeu a Inter entre 1997 e 1999 na época de jogador.

Antes de se despedir da entrevista, Simeone comentou que voltar ao Campeonato Italiano no comando de uma grande equipe é algo que "certamente acontecerá".

As declarações de Simeone foram feitas horas antes do sorteio das oitavas de final da Liga dos Campeões. O Atlético de Madrid terá como rival a Juventus, um dos duelos mais acirrados desta fase, com duas equipes favoritas ao título.

Ainda sem saber o adversário, o técnico argentino disse que não tinha preferências, mas afirmou que a Juventus, após a contratação de Cristiano Ronaldo, subiu um degrau no nível de potência europeia.

"Cristiano Ronaldo é, sem dúvida, um dos dois melhores jogadores da última década, junto a Lionel Messi. Sempre estiveram no topo. A chegada de Cristiano à Juventus permitiu que o clube desse um passo além para fazer uma grande Champions", analisou. EFE

am/vnm