EFERedação Central

O alemão Hansi Flick, técnico do Bayern de Munique, foi colocado em uma situação delicada nesta quinta-feira, durante entrevista coletiva, ao ser perguntado sobre o camisa 9 da equipe que comanda, o polonês Robert Lewandowski, e o argentino Lionel Messi, astro do Barcelona.

"Não se pode comparar Lewandowski e Messi", garantiu o treinador, um dia antes do duelo entre as duas equipes, pelas quartas de final da Liga dos Campeões, que acontecerá no estádio da Luz, em Lisboa.

"O Lewandowski é um centroavante de classe mundial. Ele assegura objetivos e estabelece metas. Messi tem sido, de longe, o melhor jogador do mundo nos últimos anos. É um jogador excepcional. Eu não sei se haverá outro jogador como ele no futuro", completou.

Comandante de um dos times que é apontado como forte favorito ao título da Liga dos Campeões, Flick deixou claro que não enxerga essa condição no duelo com o time espanhol.

"Temos muito respeito por eles, porque o Barcelona está há décadas entre as melhores equipes da Europa", afirmou o técnico do Bayern.

O time bávaro despachou o Chelsea nas oitavas de final e avançou para encarar os 'Blaugranas', que bateram o Napoli. Quem avançar, pegará o ganhador da série entre Manchester City e Lyon.