EFEParis

O técnico alemão Thomas Tuchel, do Paris Saint-Germain, garantiu nesta sexta-feira que o atacante Neymar será relacionado para o jogo contra o Strasbourg, que acontecerá amanhã, no estádio Parc des Princes, pela quinta rodada do Campeonato Francês.

"Estamos sem alguns atacantes, como Edi (Cavani) e Kylian (Mbappé), então é necessário que ele volte. É um jogador do Paris Saint-Germain, está à nossa disposição. Treinou bem e está pronto para jogar", garantiu o comandante, em entrevista coletiva.

Tuchel admitiu se sentir "feliz", pelo fim da janela de transferências, que, consequentemente, encerrou o debate sobre uma possível saída de Neymar, após várias propostas feitas pelo Barcelona, e também o suposto interesse de Real Madrid e Juventus.

"Agora, já sabemos o grupo que temos, com muita personalidade, caráter, experiência e talento. Ney faz parte do grupo e agora já não será mais um assunto de distração. Ele também poderá se concentrar no time", disse o comandante alemão.

Questionado sobre o desejo do jogador de retornar ao Barcelona, Tuchel preferiu brincar e dizer que não imagina ser um incômodo para o comandado seguir jogando no PSG.

"Não acho que a vida seja dura demais com Neymar. Jogar em Paris não está tão ruim. Acho que Neymar vai recuperar o sorriso", afirmou.

Depois de ser relacionado para o duelo com o Strasbourg, o brasileiro não poderá atuar nesta quarta-feira, na estreia do PSG na Liga dos Campeões da Europa, em casa, contra o Real Madrid, por estar suspenso.