EFELondres

O torneio de Wimbledon já está considerando as opções para realizar a edição de 2021, depois de cancelar a de 2020 devido à pandemia do novo coronavírus, e analisa três cenários: um campeonato normal, com capacidade reduzida ou sem público.

Estas três possibilidades dependerão das recomendações do governo do Reino Unido em termos de saúde alguns meses antes do torneio, previsto para julho de 2021.

Wimbledon é o único dos quatro Grand Slams que não foi disputado em 2020. O Aberto da Austrália foi realizado normalmente em janeiro, antes da pandemia, o US Open foi jogado em uma bolha sem público, e Roland Garros recebeu até 1.000 pessoas por dia.

"Nossa prioridade é a saúde e a segurança de todos os nossos parceiros, nossos torcedores e jogadores", disseram os organizadores de Wimbledon em comunicado.

Este ano foi o primeiro em que Wimbledon foi cancelado desde o período de 1940 a 1945, devido à Segunda Guerra Mundial. EFE

msg/id