EFENiamey

Quase 70 soldados do Níger morreram em violentos combates que começaram na noite de terça-feira e que continuaram hoje no país, após o ataque de um grupo terrorista contra um campo militar em Inates, informaram fontes militares do país à Agência Efe.

Os combates também deixaram cerca de 50 mortos entre os agressores, cuja filiação é desconhecida até o momento.

Tudo indica que os agressores, fortemente armados, chegaram a vizinha Mali, que fica a cerca de 100 quilômetros da cidade de Inates.

Os combates foram muito violentos e os terroristas destruíram completamente o acampamento, conseguindo levar uma certa quantidade de armas com eles, seguindo o "modus operandi" dos grupos jihadistas no Níger e de Mali.

Este é o segundo ataque terrorista em apenas três dias na parte ocidental do Níger. Até o momento, o terrorismo vinha concentrando sua atividade na região de Diffa, na fronteira com a Nigéria.

Como acontece em Mali, o terrorismo parece se propagar em diferentes partes do território do Níger, ameaçando a estabilidade do país, um dos mais pobres do Sahel e de toda a África. EFE

io-fjo/phg