EFEWashington

Pelo menos cinco pessoas morreram neste sábado e outras 21 ficaram feridas em um ataque a tiros no oeste do estado americano do Texas, onde o suposto autor foi morto por policiais.

O chefe da polícia da cidade de Odessa, Michael Gerke, disse em entrevista coletiva que o autor dos disparos atirou de dentro de um veículo contra as vítimas. Ele afirmou que o suspeito é um homem branco de cerca de 30 anos e descartou a possibilidade de haver um segundo atirador, como haviam informado a princípio as autoridades.

Ainda segundo Gerke, por enquanto, são desconhecidos os motivos que levaram o rapaz a realizar o ataque. O chefe da polícia declarou também que três de seus homens estão entre os feridos.

O Departamento de Polícia de Midland anunciou em seu site que o suposto atirador foi atingido e morto no Cinergy Movie Theater, um cinema de Odessa. A rede de televisão "CNN" mostrou um vídeo gravado por uma testemunha no momento em que o homem foi abatido.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou no Twitter que havia sido informado do ataque pelo procurador-geral, Willial Barr. "O FBI e forças policiais estão completamente engajados. Mais a seguir", escreveu.