EFESydney (Austrália)

O governo da Austrália anunciou nesta sexta-feira que permitirá a reabertura de pequenos cafés e restaurantes na primeira das três etapas estabelecidas no plano de retomada econômica, bloqueado pela pandemia da Covid-19.

As novas infecções diárias diminuíram drasticamente, com 22 novos casos registrados ontem, o governo pretende dar um passo para retomar a normalidade.

"O primeiro estágio nos permitirá uma maior conexão com a família e nossos amigos. Vão assistir o retorno das crianças às aulas e aos playgrounds de suas comunidades", disse o primeiro-ministro australiano Scott Morrison.

Na primeira fase, as cafeterias terão uma capacidade limitada e regras de distância física, além de permitirem reuniões de até dez pessoas ou a visita de cinco convidados em uma casa, bem como atividades recreativas, como golfe ou natação em piscinas.

"Haverá riscos, desafios, surtos, mais casos e retrocessos. Nem tudo correrá conforme o planejado", disse Morrison, enfatizando que "não há expectativa de que o primeiro estágio comece imediatamente", a menos que seja a decisão de cada estado ou território australiano.

As autoridades de saúde contabilizaram no país quase 6,9 mil pessoas infectadas com o novo coronavírus, das quais 97 morreram, com incidência especial nos estados de Nova Gales do Sul e Victoria.

O primeiro a avançar nessa questão será o território da capital australiana, que inclui Camberra, onde será permitida a reunião de até dez pessoas a partir da meia-noite, embora ainda não tenha sido marcada uma data para reabertura de cafés e restaurantes.

A Austrália do Sul permitirá que esses restaurantes sirvam refeições ao ar livre, bem como viagens de lazer, entre outros, a partir da próxima segunda-feira, enquanto o estado de Queensland permitirá a reabertura de cafés e restaurantes, bem como de bares, no dia 16.

O avanço para a segunda e terceira fase, em que serão permitidas reuniões de até 100 pessoas e a reabertura de outros negócios, como salões de beleza e academias, dependerá do progresso alcançado.

A economia da Austrália, que teve quase 30 anos de crescimento sustentado, também sofreu um grande golpe como resultado da pandemia, razão pela qual o governo aprovou vários planos multibilionários para ajudar empresas e trabalhadores.