EFESeul

Dois aviões militares da Rússia penetraram nesta sexta-feira quatro vezes na Zona de Identificação Aérea da Coreia do Sul, e deixaram este espaço após receber uma advertência das forças aéreas de Seul.

As aeronaves russas entraram no espaço de Defesa aérea sul-coreano perto da ilha de Ulleungdo, a noroeste de Jeju em duas ocasiões e ao leste das ilhas Dokdo, situadas entre Coreia do Sul e Japão.

O Exército sul-coreano posicionou parte da sua frota aérea para enviar mensagens de advertência aos aviões russos, segundo o comando conjunto das forças de Seul.

"Nosso Exército enviou caças para realizar medidas táticas frequentes como manobras de resposta e comunicações de advertência às aeronaves russas", afirmou em declaração o comando sul-coreano, divulgada pela agência local "Yonhap".