EFETúnis

A embarcação humanitária Ocean Viking, da ONG francesa SOS Mediterranée fez um novo apelo por ajuda nesta terça-feira, depois que um dos 118 migrantes resgatados dias atrás precisou ser evacuado de maneira urgente, por causa de um grave problema de saúde.

De acordo com a organização, um homem foi deixado com a Guarda Costeira da Itália, durante operação realizada nas águas internacionais do Mediterrâneo Central, próximo a costa da ilha de Lampedusa.

"117 sobreviventes que permanecem a bordo do nosso barco ainda precisam, urgentemente, desembarcar em local seguro", apontou a SOS Mediterranée, em comunicado.

Na semana passada, foram duas operações de resgate feitas pelos ocupantes do Ocean Viking, a primeira que tirou 51 pessoas das águas, incluindo uma mulher grávida, que viajavam em um bote de madeira; e a segunda que salvou 67 migrantes, também em uma barcaça, que foi localizada pelo avião de monitoramento Moonbird.