EFEMoscou

Denis Cheryshev, atacante da seleção russa, foi eleito nesta quinta-feira o melhor jogador da partida de abertura da Copa do Mundo em seu país graças aos dois gols marcados na vitória por 5 a 0 sobre a Arábia Saudita, uma tarde que ele "jamais teria imaginado".

"Nem nos meus melhores sonhos eu teria imaginado uma tarde assim", explicou Cheryshev, que defende o Villarreal da Espanha, com o troféu de melhor jogador nas mãos após a goleada dos anfitriões do sobre a seleção saudita.

"Estou muito feliz por ter ajudado minha equipe e pela minha família. Eles sofreram muito", disse o atacante russo em entrevista coletiva no estádio Luzhniki, ao se referir aos anos de altos e baixos em sua carreira, nos quais não conseguiu manter regularidade por culpa das lesões.

Cheryshev foi o escolhido pelo técnico Stanislav Cherchesov para substituir aos 24 minutos da etapa inicial o lesionado Alan Dzagoev, um dos nomes mais badalados do elenco dos anfitriões, e não desperdiçou a chance de se transformar no herói de seu país.

O atacante do Villarreal marcou duas vezes, aos 43 do primeiro tempo e nos acréscimos do segundo, com dois disparos indefensáveis para o goleiro saudita Al Muaiouf.

"Eu já estava feliz por estar entre os 23 e não tinha sonhado com isso. Sempre respeito as decisões do meu treinador e não tenho o direito de ficar irritado. Vou continuar trabalhando no mesmo nível", concluiu Cheryshev.