EFELisboa

A Polícia Judiciária de Portugal, com apoio, entre outros, da Polícia Federal, apreendeu cerca de duas toneladas de cocaína escondidas em um veleiro, de acordo com informações da instituição divulgadas nesta segunda-feira.

Chamada de "Operação Glória", a ação da PJ teve início há duas semanas nas águas do Atlântico e culminou com a apreensão de 1,8 mil quilos de drogas, além de prender dois estrangeiros, de 51 e 53 anos, cujas identidades e país de origem não foram reveladas pelas autoridades portuguesas.

Apoiada pela Marinha e Força Aérea, a PJ "desenvolveu nas últimas duas semanas uma operação complexa para combater o tráfico transcontinental de drogas por mar", afirmou.

A operação faz parte de uma investigação iniciada após uma troca de informações com o Centro de Análise e Operações Marítimas - Narcóticos, com sede em Lisboa, em um processo, além da polícia brasileira, foi apoiado por agentes do Reino Unido, Estados Unidos, França e Espanha.