EFEMadri

A região de Madri, que abrange a homônima capital da Espanha, registrou nesta quinta-feira o terceiro caso da variante ômicron do novo coronavírus, o primeiro ocorrido por transmissão comunitária no país.

O infectado é um homem, de 62 anos, que apresenta sintomas leves da covid-19. Ele havia sido vacinado com duas doses do imunizante desenvolvido pela AstraZeneca, de acordo com as autoridades de saúde regionais.

Os primeiros sintomas do contágio da doença foram apresentados anteontem.

O homem não tem qualquer antecedente de viagem, nem contato com outra pessoa que esteve em países onde foi detectada a presença da variante, como havia acontecido em casos anteriores na Espanha.

O infectado está cumprindo período de isolamento em casa, assim como todas os familiares próximos.

As autoridades de Madri investigam ainda outros dois casos de suspeita de infecção pela nova variante, ambos de pessoas com sintomas leves e também sem antecedentes de viagem.

Os dois primeiros casos da ômicron na região, confirmados ontem e anteontem, foram de pessoas que estiveram recentemente na África do Sul, país onde a cepa foi detectada. EFE