EFEMadri

A Espanha registrou nas últimas 24 horas 123 novas mortes por Covid-19, - o número mais baixo desde 18 de março -, enquanto foram confirmadas novas 373 infecções, informou nesta segunda-feira o Ministério da Saúde local.

O número de mortes representa 143 óbitos a menos do que ontem, totalizando até o momento 26.744 vítimas da pandemia na Espanha, enquanto que com as 373 novas infecções - o número mais baixo desde 9 de março -, os casos do novo coronavírus somam 227.426.

"Estamos na fase final da transmissão", disse Fernando Simón, diretor do Centro de Alertas e Emergências em Saúde, durante entrevista coletiva, onde também alertou a população que não pense "que o jogo está ganho".

Nesse sentido, ele lembrou que em outros países houve surtos, como o leve ocorrido na Coreia do Sul, que está "sob controle", e insistiu que "devemos continuar tomando cuidado".

Grandes regiões da Espanha, onde vivem 51% da população, entraram hoje na chamada fase 1 da abertura gradual das atividades sociais e econômicas após o rigoroso confinamento aplicado desde 15 de março para retardar a progressão da pandemia.

Simón pediu que respeitem as medidas de segurança "em todos os lugares", especialmente nas áreas mais turísticas, como as ilhas Canárias e Baleares.

Com esses números, a Espanha continua sendo o segundo país do mundo em número de contágios, atrás dos Estados Unidos, e o quarto em mortes, atrás somente dos EUA, Reino Unido e Itália. EFE

nac-ac/phg

(foto)(vídeo)