EFEWashington

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou nesta terça-feira sanções contra seis navios da estatal Petróleos de Venezuela (PDVSA) por transportarem petróleo para Cuba, violando o embargo que impôs contra o governo de Nicolas Maduro.

"Cuba e o antigo regime de Maduro continuam tentando burlar sanções com a mudança de nome de navios e facilitando o transporte de petróleo da Venezuela para Cuba", disse em comunicado Justin Muzinich, secretário adjunto do Tesouro americano.

De acordo com o governo dos EUA, os navios deixaram a Venezuela no segundo semestre de 2019 e levaram cerca de 1,3 milhão de barris de petróleo bruto à Cubametales, empresa estatal cubana de importação e exportação de petróleo.

"O dinheiro recebido por essas remessas foi transferido para uma conta bancária na Rússia", afirma a nota.

Como resultado dessa medida, ficam congelados quaisquer ativos que a empresa dona dos navios tenha sob jurisdição dos EUA e são proibidas as transações financeiras delas com empresas dos EUA.