EFECabul

Pelo menos 16 pessoas morreram e outras 40 ficaram feridas, nesta sexta-feira, em uma explosão em mesquita na província de Nangarhar, no leste do Afeganistão.

O ataque aconteceu no distrito de Haska-Mena, por volta das 15h (horário local, 6h30 de Brasília), quando o local estava lotado de fiéis por conta da oração da sexta-feira, disse à Agência Efe, o porta-voz da polícia de Nangarhar, Mubariz Atal.

"As informações iniciais indicam que 16 civis morreram e mais de 40 ficaram feridos na explosão", afirmou Atal.

O número de vítimas poderia aumentar nas próximas horas, pois o local estava cheio no momento do ataque, indicou Atal, dizendo que aparentemente um morteiro atingiu o telhado da mesquita.

No entanto, o porta-voz do governador da província, Attaullah Khogyanai, disse em comunicado que a detonação ocorreu dentro do prédio.

"Devido à explosão na mesquita, o telhado afundou e dezenas de pessoas morreram ou ficaram feridas", afirmou Khogyanai.

Por enquanto, nenhum grupo armado reivindicou a autoria do atentado ocorrido em uma província onde talibãs e Estado Islâmico estão presentes.

A explosão aconteceu um dia depois que a Missão de Assistência das Nações Unidas no Afeganistão (Unama, sigla em inglês) advertisse em um relatório que a violência no país aumentou nos últimos meses.