EFETóquio

O Japão e a Coreia do Norte estão negociando a realização de uma cúpula entre o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, que poderia acontecer em agosto ou setembro, informou nesta quinta-feira o jornal nipônico "Yomiuri".

Autoridades dos dois países conversaram várias vezes nos últimos meses para negociar o encontro, que poderia ocorrer em Pyongyang em agosto ou durante um fórum internacional, no mês seguinte, segundo fontes do governo ouvidas pelo jornal.

A publicação estaria se referindo ao Fórum Econômico Oriental que acontecerá em Vladivostok (Rússia), onde Kim poderia viajar após ter sido convidado pelo presidente russo, Vladimir Putin.

O primeiro-ministro japonês declarou que está "decidido" que o Japão se reúna "diretamente" com a Coreia do Norte para resolver seus conflitos, em declarações após a histórica cúpula em Singapura entre Kim e o presidente americano, Donald Trump, que transferiu ao líder norte-coreano algumas das preocupações de Tóquio.

O encontro serviria para resolver problemas como o desenvolvimento de mísseis e nuclear (de Pyongyang) e os sequestros de cidadãos japoneses cometidos há décadas pelo regime, disse hoje o ministro porta-voz do Executivo, Yoshihide Suga, em entrevista coletiva onde, no entanto, disse que nada foi "decidido ainda".