EFEMadri

A incidência do coronavírus na Espanha atingiu nesta sexta-feira o nível mais baixo de transmissão desde o início de agosto de 2020, de acordo com os últimos dados oficiais, situando-se em 91,2 novos casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

De acordo com o último relatório publicado pelo Ministério da Saúde espanhol, desde ontem foram diagnosticados 3.222 novos contágios, o que elevou o total desde o começo da pandemia para 4.929.546.

O número diário de mortes também caiu, com 44 óbitos causados pela Covid-19 confirmados nas últimas 24 horas. Com isso, o vírus SARS-CoV-2 fez 85.783 no país europeu desde que a crise sanitária teve início, 222 delas na última semana.

Quanto à situação nas unidades de terapia intensiva, a porcentagem de leitos ocupados por pacientes com Covid continua caindo e chegou a 11,2%. Nas enfermarias, a ocupação desce para 3,1%, segundo o Ministério.

A maioria das regiões espanholas está em risco médio de infecção, com incidências entre 50 e 150 casos por 100 mil habitantes em 14 dias.

Segundo o último relatório de vacinação publicado hoje pelo Ministério da Saúde, 139.473 doses foram administradas na Espanha nas últimas 24 horas, das quais 96.302 correspondem a segundas inoculações.

No total, o número de pessoas com pelo menos uma dose aumentou para 37.385.758, o que equivale a 78,8% dos habitantes, enquanto 35.784.743 (75,4%) recebeu a dosagem total recomendada pelos laboratórios. EFE

nac-ajs/dr