EFETóquio

O Ministério da Saúde do Japão divulgou nesta quinta-feira a morte de uma mulher infectada pelo coronavírus Covid-19, que se transforma na primeira vítima no país por causa da epidemia surgida na China.

De acordo com as autoridades japonesas, se trata de uma mulher, de 80 anos de idade, que vivia na cidade de Kanagawa, ao sul de Tóquio.

Cerca de 250 pessoas que foram submetidas a exames no Japão apresentaram resultado positivo para coronavírus, a maioria delas, passageiros de um cruzeiro que chegou em Yokohama.

As autoridades ainda não conseguiram estabelecer como a moradora de Kanagawa, que nunca tinha viajado para fora do país, foi infectada. As investigações foram iniciadas para conhecer os detalhes do caso.

Segundo fontes do Ministério da Saúde citadas pela emissora pública "NHK", a idosa foi a um hospital no dia 22 de janeiro se queixando de cansaço e seu estado de saúde continuou a ser monitorado posteriormente.

No último dia 1º, ela foi internada em um hospital e diagnosticada com pneumonia e, com o tempo, sua condição piorou, até sua morte ser confirmada hoje.

Os exames indicam que ela pode ter sido infectada com o Covid-19, que surgiu na cidade de Wuhan, na China.

A morte da idosa ocorreu depois que as autoridades perceberam que um motorista de táxi de Tóquio também deu positivo para uma infecção por coronavírus.

Das pessoas que foram detectadas como infectadas, 218 são passageiros ou tripulação do navio de cruzeiro Diamond Princess, que foi colocado em quarentena no último dia 3 e está atracado em Yokohama.

Quase 30 outras pessoas também estão infectadas com o coronavírus, alguns deles japoneses que moravam em Wuhan e foram repatriados.