EFELondres

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, se recusa a renunciar apesar da crescente pressão de membros de seu gabinete e de deputados do seu próprio partido, segundo revelou a imprensa britânica nesta quarta-feira.

O líder do Partido Conservador, que está se reunindo na sede do governo em Downing Street com seus ministros antes de decidir seus próximos passos, não tem intenção de renunciar ao cargo e se mostra "absolutamente desafiador", conforme informou à emissora "Sky News" uma fonte do Executivo britânico. EFE