EFEChicago (EUA)

Um legislador estadual do Missouri, nos Estados Unidos, quer armar todos os maiores de idade do seu estado, razão pela qual apresentou dois projetos de lei para obrigar todos a comprar uma pistola ou revólver, além de um rifle de assalto semiautomático como o utilizado pelos militares.

Segundo informou nesta sexta-feira a imprensa americana, a iniciativa é do representante republicano Andrew McDaniel, que apresentou os projetos de lei no final de fevereiro, mas que até agora não tinham repercutido.

O primeiro é o HB 1052, denominado "Segunda Emenda McDaniel", que requer que todos os moradores do estado, com 21 anos de idade ou mais, comprem uma arma curta e a mantenham em seu poder.

O legislador, que não apresenta nenhuma razão pela qual os moradores do Missouri devam estar armados, quer oferecer um crédito tributário que poderá ser utilizado para reduzir os impostos da compra em até 75%.

O outro projeto é o HB 1108, denominado "Lei de Milícia McDaniel", e requer que todo residente do estado, de entre 18 e 34 anos, adquira um rifle de assalto semiautomático, do tipo AR-15 de uso militar, a menos que esteja impedido legalmente.

"Qualquer pessoa que se qualifique como residente até 28 de agosto de 2019, e que não possua um AR-15, terá um ano para comprar um", afirma o projeto, que outorga o mesmo prazo a quem se tornar residente depois dessa data.

Segundo estimativas da imprensa local, entre 20% e 30% dos adultos do Missouri possui uma arma curta, motivo pelo qual a possível aplicação da HB 1052 requereria que 3,6 milhões de pessoas adquiram uma.

No caso do rifle semiautomático, a obrigatoriedade compreenderia um milhão de pessoas.

Nenhum dos projetos de lei, cuja consideração não figura até o momento na agenda da Câmara dos Representantes estadual, estabelece penas para quem não cumprir com a obrigação de armar-se.

A iniciativa de McDaniel não parece tão estranha em um país onde a posse de armas é um direito constitucional, mas onde também existe um debate nacional pelo fato de este direito provocar milhares de mortes todos os anos.

O Missouri não seria o primeiro caso de uma localidade nos EUA requerer que os habitantes adquiram armas, pois pelo menos cinco povoados e cidades já a consideram uma obrigação.

São eles, Virgin, em Utah; Gun Barrel City, no Texas; Kennesaw e Nelson, na Geórgia, e Nucla, no Colorado.