EFERoma

O líder da extrema-direita e vice-primeiro-ministro da Itália, Matteo Salvini, comemorou nesta segunda-feira o sucesso do candidato do PSL à presidência do Brasil, Jair Bolsonaro, que obteve 46% dos votos no primeiro turno das eleições realizado ontem.

"O Brasil também muda! Esquerda derrotada e novos ares", escreveu o político no Twitter, que foi eleito em março depois de se unir em coalizão com o Movimento Cinco Estrelas (M5S).

Além da postagem no Twitter, Salvini, que também é titular do Ministério de Interior, falou sobre as eleições no Brasil nesta segunda-feira durante uma reunião com Marine Le Pen, líder da extrema-direita da França. De acordo com o político italiano, os partidos da extrema-direita europeia farão "uma revolução" nas eleições de maio do ano que vem.

Segundo ele, "a revolução do bom senso está percorrendo toda a Europa" e também outros países, como é o caso do Brasil.

Jair Bolsonaro e Fernando Haddad (PT), que teve 29% dos votos, vão decidir a eleição presidencial no segundo turno no próximo dia 28.