EFEBerlim

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, enviou nesta segunda-feira uma mensagem de condolências ao presidente Jair Bolsonaro pela morte de 60 pessoas após a ruptura de uma barragem da Vale na cidade de Brumadinho, em Minas Gerais.

Em comunicado, Merkel disse ter ficado profundamente abalada com o acidente. Segundo os últimos números divulgados pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, 292 pessoas seguem desaparecidas.

"Espero que mais pessoas possam ser resgatadas", disse Merkel.

A chanceler alemã expressou apoio a Bolsonaro e às vítimas do acidente, desejando que os feridos tenham uma "rápida recuperação". Além disso, Merkel enviou condolências aos familiares dos mortos.

Na tarde de sexta-feira, uma das barragens da Vale na cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, se rompeu. O mar de lama destruiu as instalações da empresa e diversos imóveis da região.

Os trabalhos das equipes de resgate são muito difíceis e devem durar semanas. O Corpo de Bombeiros considera que são "muito pequenas" as chances de encontrar sobreviventes.