EFEGenebra

O número de infecções globais por Covid-19 caiu 12% na última semana, com mais de 2,6 milhões de novos casos notificados, a menor incidência semanal registrada desde fevereiro, de acordo com dados do relatório epidemiológico semanal da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Todas as regiões registraram quedas no número de casos, exceto a África, que registrou um aumento de 44% nos últimos sete dias, além de um aumento de 20% no número de mortes.

Esta é a terceira semana consecutiva em que a região africana registra um aumento acentuado das infecções, principalmente nos países localizados no norte, no sul e no leste do continente.

O número de mortes globais na semana passada mantiveram-se elevadas, com mais de 42.000 óbitos, embora isso represente uma redução de 2% em relação à anterior.

Por regiões, as que relataram grandes quedas na última semana foram Sudeste Asiático, 27% a menos que na anterior, Europa, 13% a menos, e Leste Asiático, com queda de 10%, segundo dados da OMS.

Por sua vez, a América e o Oriente Médio relataram números semelhantes aos da semana anterior, com quedas de 4% e 5% no número de infecções, respectivamente.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, alertou que, embora a pandemia comece a dar sinais de declínio em muitos países e a mortalidade tenha diminuído pela sexta semana consecutiva, muitas nações ainda têm problemas com acesso a vacinas, a expansão de novas variantes e sistemas de saúde em colapso.

Os países com maior número de novos casos na semana passada foram Índia (630.650 novas infecções, uma queda de 31%), seguida por Brasil (454.710) e Colômbia (176.661) com números semelhantes aos da semana anterior, e Estados Unidos, com 105.019 infecções, um aumento de 6%.

Segundo dados da OMS, mais de 2,3 bilhões de doses de vacinas contra a Covid-19 já foram administradas em todo o mundo.