EFERiad

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, decidiu nesta segunda-feira interromper seu giro pelo Oriente Médio para comparecer ao funeral de um familiar e adiará a visita ao Kuwait, sua última parada prevista, informou hoje o veículo de informação saudita "Al Arabiya".

Pompeo, que se encontra em Riad, viajará para Mascate, a capital de Omã, como última parada de sua viagem pela região antes de retornar aos Estados Unidos.

O secretário se reuniu esta manhã com o rei saudita, Salman bin Abdulaziz, para abordar as "relações históricas entre os dois países amigos" e discutir as "novidades da situação no Oriente Médio e os esforços realizados" na região, informou a agência de notícias estatal "SPA", que divulgou fotos do encontro, mas não ofereceu mais informações.

A embaixada dos EUA em Riad afirmou em seu perfil no Twitter, citando Pompeo, que tinha sido "um encontro muito bom" e que foram discutidos muitos temas no mesmo, "incluindo o Iêmen, o Irã e o Afeganistão".

Pompeo se mostrou "agradecido pelo apoio da Arábia Saudita ao processo político da ONU sobre os diálogos de paz no Iêmen e no Afeganistão", segundo a representação diplomática americana em Riad.

Após o encontro, o secretário se reuniu também com o príncipe herdeiro saudita, Mohammed bin Salman, com quem estabeleceu "a necessidade" de "aderir aos acordos da Suécia, especialmente o cessar-fogo e seu desenvolvimento em Al Hudaydah", segundo a embaixada americana, que publicou um vídeo de Pompeo com Bin Salman.

O chefe da diplomacia americana ressaltou que "a única maneira para acabar com o conflito" no Iêmen "é uma solução política integral".

Pompeo aterrissou ontem em Riad e se encontrou com o ministro de Relações Exteriores, Adel al Jubeir, em reunião na qual abordaram, entre outros assuntos, a continuidade da investigação sobre o assassinato de Jamal Khashoggi para "determinar os fatos, avaliar a informação e responsabilizar os responsáveis", segundo um comunicado do Departamento de Estado americano.

Por enquanto, não há nenhuma informação de que Pompeo tenha abordado o caso Khashoggi em seu encontro com a família real saudita.

Antes da Arábia Saudita, o secretário de Estado americano esteve em Jordânia, Iraque, Egito, Bahrein, Emirados Árabes Unidos e Catar, e terminará hoje seu giro pela região em Omã.