EFELisboa

As autoridades de Portugal informaram nesta sexta-feira que oito pessoas morreram por Covid-19 nas últimas 24 horas, o número mais alto em 16 dias, enquanto os novos casos caíram para 204, de acordo com os dados coletados recentemente, que mostram uma redução.

No total, 1.735 pessoas morreram no país e existem 51.072 infecções confirmadas desde o início da pandemia, segundo dados da Direção-Geral de Saúde (DGS).

Em uma entrevista coletiva, a ministra da Saúde, Marta Temido, disse que, apesar do aumento de óbitos, a taxa de global de mortalidade permanece em 3,4%, enquanto é de 16% para pessoas acima de 70 anos de idade.

Quanto ao número de novas infecções, menos de 50 das registradas ontem, foi especificado que 63% delas estão concentradas nas regiões de Lisboa e Vale do Tejo, as mais afetadas pelo novo coronavírus.

A ministra também atualizou o número de focos ativos no país, que soma 194, dos quais 106 na região de Lisboa e Vale do Tejo.

Nos últimos 15 dias, acrescentou Marta Temido, a taxa de incidência de Covid-19 em Portugal foi de 13,4 casos por 100 mil habitantes.

As autoridades sanitárias também apresentaram os resultados do primeiro estudo sorológico realizado em 2,3 mil pessoas no país, o que indica que apenas 2,9% delas possuem anticorpos contra o coronavírus.

O mesmo estudo, cujo conteúdo completo será divulgado nas próximas horas, também estima que o número real de infectados no país pode ser seis vezes maior que o oficial, chegando a 300 mil casos. EFE

cdb/phg