EFELisboa

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou que dentro de algumas semanas será submetido a um cateterismo cardíaco e que, dependendo dos resultados, se candidatará ou não à reeleição.

Em entrevista à emissora de televisão "SIC", o presidente revelou que, após um exame de coração realizado recentemente, passará por um cateterismo para descartar dúvidas que surgiram.

Rebelo de Sousa lembrou que sua família paterna teve problemas de coração, tanto o pai como o avô, motivo pelo qual se submeteu ao exame.

Segundo o presidente, o cateterismo servirá para comprovar o grau de acumulação de cálcio em um vaso sanguíneo do coração, se está normal ou excessivo.

A decisão de se candidatar à reeleição, que ocorrer dentro de um ano e meio, ficará pendente dos resultados. O chefe de Estado disse que pretende continuar no cargo, mas que necessita ter o coração saudável. EFE

cgg/vnm