EFEMoscou

Com uma média diária de 8 mil a 9 mil novos positivos há uma semana, a Rússia está perto de alcançar 400 mil casos confirmados de Covid-19, mas apresenta uma tendência de redução na taxa de transmissão.

Segundo os dados divulgados neste sábado pelo centro de operações de combate à pandemia, a Rússia já registrou 396.575 contágios em 83 regiões. Nas últimas 24 horas, 8.952 novos casos foram reportados, 3.747 deles assintomáticos.

Ao todo, 167.468 pessoas já receberam alta, aproximadamente uma a cada três infectadas. No entanto, o número de casos ativos se mantém estável desde 25 de maio, quando chegou ao pico (230.996 casos), atualmente por volta de 224 mil.

Nas últimas 24 horas foram registradas 181 mortes. No dia anterior foi reportado o recorde do mês de maio, um aumento de 174 para 232. No total, o governo russo já contabilizou 4.555 mortes por Covid-19.

A taxa de transmissão do novo coronavírus na Rússia está abaixo de 1, atualmente 0,95, enquanto Moscou, o principal foco de contágio do país, a reduziu para 0,80. No país, esta taxa está abaixo de 1 há 17 dias, e na capital, há três semanas. EFE

fss/vnm